Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de julho de 2013

O CONTINENTE AFRICANO - uma visão geral

COM BASE EM TEXTO SOBRE A ÁFRICA DO SUL DA REVISTA NOVA ESCOLA


 O continente africano ocupa uma área de 30 milhões de quilômetros quadrados, esse fator o coloca como um dos maiores continentes do planeta, devido a sua extensão territorial abriga uma grande variedade de vidas. Em toda extensão territorial do continente é possível identificar distintas paisagens naturais e composições vegetativas, tais como floresta Tropical da bacia do rio Congo no centro do continente, além do deserto do Saara que ocupa uma área do tamanho próximo ao território do Brasil. A biodiversidade da África é proveniente da localização geográfica, seu território se encontra estabelecido em grande parte na zona intertropical, além de restritas parcelas do território, nas zonas temperadas do sul e do norte. Essa configuração geográfica produz elevadas temperaturas em praticamente o ano todo, isso é explicado pelo fato que essa porção do planeta receber uma grande quantidade de energia solar, em outras palavras os raios solares incidem de forma perpendicular. Quanto à população que habita o continente, essa é formada por uma variada diversidade cultural e étnica, existem registros de pelo menos oitocentos grupos humanos, além de aproximadamente seiscentas línguas distintas, sem contar as línguas impostas pelos colonizadores europeus. Quanto à religiosidade, na África há uma multiplicidade de religiões. As principais são: o islamismo, o cristianismo, que é dividido entre católicos e protestantes, e, as religiões animistas que dão origem ao candomblé e umbanda. Fonte: texto do professor Eduardo de Freitas - Brasil escola. Fig.1-Mapa da África.


                           

 África de língua portuguesa Os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, cujo acrónimo (sigla) é PALOP, é um grupo formado por seis países lusófonos africanos formado em 1996. Cinco dos membros foram colônias de Portugal em África, que obtiveram a independência entre 1974 e 1975. O outro é a Guiné Equatorial, que em 2007 adotou o português como língua oficial. Estes países, que se encontram organizados na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), vêm firmando protocolos de cooperação com vários países e organizações nos campos da cultura, educação e fomento, preservação da língua portuguesa e outros. Um exemplo é o Projeto Apoio ao Desenvolvimento do Sistema Judiciário PIR PALOP, cofinanciado pelo Governo Português e pela União Européia. Por que Guiné Equatorial adotou desde 2007 a língua portuguesa como oficial sem ter sido colônia de Portugal no passado? Por que todas as ex-colônias obtiveram a independência entre 1974 e 1975?

Nenhum comentário:

Postar um comentário